Manifesto Eco Modernista

Manifesto Eco Modernista

Categorias ,

Descrição do produto

SINOPSE
O Manifesto Eco Modernista foi lançado em Abril de 2015 em meio às expectativas magnetizadas pela 21ª Conferência Mundial do Clima (Conference of the Parties, COP 21), ocorrida em Novembro-Dezemdro deste mesmo ano na cidade de Paris. Documento concebido, redigido e assinado por amplo elenco de especialistas e nomes de projeção no pensamento ambiental, o Manifesto Eco Modernista (An Eco Modernist Manifesto) impactou a opinião pública mundial por conta de diversos questionamentos, implicitamente pondo em cheque o conceito de desenvolvimento sustentável, noção icônica na análise do meio ambiente desde os anos 1990. O Manifesto propõe uma releitura dos rumos a respeito de como a questão ambiental tem sido avaliada e enfrentada. Destaca o Antropoceno, a paisagem transformada pelos humanos, como proposição central no debate ambiental. Documento que expressa uma corrente de opinião ambientalista firmada nas potencialidades do aprimoramento tecnológico, para o Manifesto Eco Modernista a superação da crise ambiental não seria decorrente da mitigação das atividades humanas no ambiente terrestre, mas antes da intensificação da ação humana, desde que exercida de modo tecnologicamente avançado e com elevado desempenho energético. Adotando uma linha de interpretação oposta ao pensamento ambientalista tradicional, o Manifesto Eco Modernista despertou polêmicas acesas, dividindo correntes de opinião e colocando-se no centro dos debates ambientais. Independentemente do teor das propostas que insere, o Manifesto Eco Modernista expressa claramente um esgotamento de teses que como o desenvolvimento sustentável, tem comandado o ideário ambiental nas últimas décadas. Este aspecto torna o Manifesto um texto essencial nas avaliações preocupadas o agravamento sem precedentes da crise ecológica, tornando a leitura do documento imprescindível a todos que estudam e se posicionam em defesa da natureza. Texto traduzido por Maurício Waldman e Tadeu Alcides Marques, o Manifesto Eco Modernista está deste modo disponível a todos os segmentos que tem no meio ambiente um nexo central de preocupações.

SOBRE OS TRADUTORES

MAURÍCIO WALDMAN é Professor de Pós-Graduação, Coordenador editorial, Antropólogo, Consultor Ambiental e Jornalista. Ambientalista histórico do Estado de São Paulo, Waldman foi colaborador de Chico Mendes, Coordenador de Meio Ambiente em São Bernardo do Campo e Chefe da Coleta Seletiva de Lixo da Capital paulista. Sociólogo e Antropólogo, Waldman é Doutor em Geografia (USP, 2006), Pós Doutor em Geociências (UNICAMP, 2011), em Relações Internacionais (USP, 2013) e em Meio Ambiente (PNPD-Fundação CAPES, 2015). Tradutor de diversos textos e livros – tais como O Ecologismo dos Pobres, de Joan Martinez Alier – Waldman é autor de 500 artigos, textos acadêmicos, pareceres de consultoria e de 16 livros, com destaque para Ecologia e Lutas Sociais no Brasil (Contexto, 1992), obra granjeada por 16 edições sucessivas; Meio Ambiente & Antropologia (SENAC, 2006), primeira obra brasileira sobre Antropologia Ambiental e Lixo: Cenários e Desafios (Cortez 2010), obra indicada como melhor livro na área de Ciências Naturais para Prêmio Nacional Jabuti de 2011. E-mail: mw@mw.pro.br Portal do Professor Maurício Waldman: www.mw.pro.br

TADEU ALCIDES MARQUES é Graduado em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP, 1985), Marques é Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1991), no Setor de Açúcar e Álcool. Atualmente atua como Professor do Programa de Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional (MMADRE), na Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE, assim como membro do Colegiado do MMADRE. É Doutor em Tecnologia de Alimentos (1987) e Pós Doutor em Tecnologia de Alimentos, setor de açucarados (UNICAMP, 1999). Atua como Diretor do CENTEC – Centro de Estudos Avançados em Bioenergia e Tecnologia Sucroalcooleira, junto à Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE, em Presidente Prudente (SP). Autor de seis capítulos de livros e três livros publicados, dentre os quais Programação em Delphi 3.0 aplicada à Engenharia de Biossistemas (et alli, LEB/USP, 2010). Animador de cinco softwares e de outros 50 itens de produção técnica. Pelo mérito do seu trabalho e atuação, Marques foi laureado com 21 prêmios e/ou homenagens. E-mail: tmarques@unoeste.br

FICHA TÉCNICA


TÍTULO
MANIFESTO ECO MODERNISTA:
UMA ANÁLISE DA CRISE AMBIENTAL PELO BREAKTHROUGH INSTITUTE

ÂMBITO
MEIO AMBIENTE: Coleção Documentos 1

EDITORA
Editora Kotev

DATA DA EDIÇÃO
Abril de 2016

CÓDIGO DE BARRAS
2001010238566

ISBN
1230001050509

IDIOMA
Português

OPÇÕES DE DOWNLOAD
ePub2 (DRM-Free)

ACESSO LIVRARIA CULTURA
http://www.livrariacultura.com.br/p/manifesto-eco-modernista-101030035

ACESSO PLATAFORMA KOBO
https://store.kobobooks.com/pt-br/ebook/manifesto-eco-modernista

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Manifesto Eco Modernista”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *