O Baobá na Paisagem Africana: Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial

O Baobá na Paisagem Africana: Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial

Categorias , ,

Descrição do produto

SINOPSE
A organização do espaço nas sociedades tradicionais tem recebido pouca atenção da geografia. Anote-se: esta observação é particularmente verdadeira para o caso africano. Visando suprir tal lacuna, O Baobá na Paisagem Africana: Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial visa justamente discutir esta temática. E o faz a partir do Baobá, árvore que simboliza o continente. Entenda-se que na África a conceituação ocidental de espaço faz pouco sentido em face de percepções culturais específicas a respeito do que é natural ou artificial, difundidas por seus povos e culturas ao longo de milênios. No continente, os Baobás constituem marcador social e espacial da vida comunitária, assim como dos dinamismos que lhe dão sustentação. Neste sentido, a singularidade da paisagem e do ambiente de vida das populações – em cujo seio o Baobá ocupa nexo central – decorre de modelos próprios de compreensão do espaço, determinantes para sua fisionomia e para os sentidos presentes no imaginário social. Representação icônica da África e símbolo das aspirações negro-africanas, o Baobá assegura às novas gerações a afirmação da sua identidade e dos valores civilizatórios de um vasto continente. O Baobá na Paisagem Africana: Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial é um convite para este debate essencial, personificação da África eterna, mãe dos seus povos e origem da Humanidade.

SOBRE O AUTOR
MAURÍCIO WALDMAN é antropólogo, jornalista, pesquisador acadêmico e professor universitário em nível de pós-graduação. Autor de 16 livros e de mais de 500 artigos, textos acadêmicos e pareceres de consultoria, Waldman é graduado e licenciado em Sociologia (USP, 1982), Mestre em Antropologia (USP, 1997), Doutor em Geografia (USP, 2006), Pós Doutor em Geociências (UNICAMP, 2011), Pós Doutor em Relações Internacionais (USP, 2013) e Pós Doutor em Meio Ambiente (PNPD-CAPES, 2015). Waldman atuou como consultor internacional da Câmara de Comércio Afro-Brasileira e professor nos Cursos de Difusão Cultural do Centro de Estudos Africanos da USP (CEA-USP). É colaborador do Jornal Cultura (de Luanda) e atuou como articulista na revista Brasil-Angola Magazine (São Paulo). Autor de dezenas de textos centrados no temário de África & Africanidades, Waldman é co-autor de Memória D’África: A temática africana em sala de aula (Cortez, 2007), obra de referência no campo africanista.

Mais Informação:

Portal do Professor Maurício Waldman –
  www.mw.pro.br
Currículo Lattes-CNPq – http://lattes.cnpq.br/3749636915642474
Wikipedia English Edition: http://en.wikipedia.org/wiki/Mauricio_Waldman
Contato E-Mail: mw@mw.pro.br

 

FICHA TÉCNICA

 
TÍTULO
O BAOBÁ NA PAISAGEM AFRICANA:
Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial

ÂMBITO
ÁFRICA: Coleção Textos Acadêmicos 1

EDITORA
Editora Kotev

DATA DA EDIÇÃO
Janeiro de 2016

CÓDIGO DE BARRAS
2000995732533

ISBN
1230000909471

IDIOMA
Português

OPÇÕES DE DOWNLOAD
ePub

ACESSO LIVRARIA CULTURA
http://www.livrariacultura.com.br/p/o-baoba-na-paisagem-africana-100420734

ACESSO PLATAFORMA KOBO:
https://store.kobobooks.com/pt-br/ebook/o-baoba-na-paisagem-africana

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Baobá na Paisagem Africana: Singularidades de uma conjugação entre natural e artificial”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *